Nome Comum: Águia-pesqueira, Guincho

Nome Científico: Pandion haliaetus (Linnaeus, 1758)

Classificação Científica:
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Aves
Ordem Accipitriformes
Família Pandionidae
Género Pandion
Espécie P. haliaetus

Estatuto de Conservação: CR - Criticamente Ameaçado

Ave de rapina de grande porte (pode ir até aos 165 cm de envergadura). Uma das características que mais ajuda na sua identificação é o padrão da cabeça: uma máscara ocular preta que contrasta com a plumagem branca da cabeça (coroa e nuca) e da garganta. Os olhos são amarelos. A plumagem do dorso é de um tom castanho-escuro e na zona ventral é branca, destacando-se manchas e bandas escuras na parte inferior/interior das asas. As asas são esbeltas e compridas. Observada à distância, a plumagem adquire um padrão branco e preto. As coxas são brancas, assim como as garras, de onde se destacam grandes unhas pretas.

Os indivíduos invernantes ocorrem em zonas húmidas do litoral e do interior (e.g. estuários, açudes, barragens, pauis, lagoas interiores e costeiras). Enquanto nidificante, ocorre em falésias e ilhéus rochosos, servindo-se do mar e dos estuários, lagoas e albufeiras litorais para pescar. Passa grande parte do dia empoleirada em ramos mortos de árvores, postes, cercas, ou em zonas lodosas/arenosas perto das áreas de alimentação.

Enquanto invernante, em Portugal continental distribui-se por grande parte do território, particularmente nos vales e estuários dos grandes rios das regiões centro e sul. Escasseia enquanto nidificante, estando actualmente restrita a um casal que nidifica numa pequena área da Costa Vicentina (entre Vila do Bispo e Aljezur), tendo sido recentemente (2016) registado outro casal nidificante na Albufeira do Alqueva (rio Guadiana).

Onde se pode encontrar:

Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina
Reserva Natural do Estuário do Sado





> Perturbação e degradação dos locais de nidificação
> Perturbação associada à pesca
> Morte acidental (fios de pesca abandonados)
> Abate ilegal
> Diminuição dos recursos alimentares (por sobre-exploração dos recursos piscícolas)
> Poluição da água em meios marinhos e dulciaquícolas

> Restabelecer a população nidificante em Portugal
> Manter a população invernante
> Garantir a conservação do habitat favorável à nidificação e alimentação da espécie
> Regulamentação/fiscalização rigorosa das actividades de pesca-à-linha nas falésias e do acesso do público às imediações de ninhos antigos e locais activos (restrições espaciais e sazonais)
> Construção de pequenas albufeiras que sirvam como fonte de alimento suplementar próximo da costa

Ligações Externas

Livro Vermelho dos Vertrebados de Portugal (2005)
Disponível no portal do ICNF

Plano Sectorial da Rede Natura 2000 - Fichas de caracterização ecológica e de gestão das espécies de Aves.
Disponível no portal do ICNF

Projecto de Reintrodução da Águia-pesqueira em Portugal
CIBIO-InBIO

Portal "Aves de Portugal"
Onde observar:

Autor: MVBIO Validado por: