ReinoAnimalia
FiloChordata
ClasseActinopterygii
OrdemMugiliformes
FamíliaMugilidae
Género
Espécie

Chelon saliens

Risso, 1810
Taínha-de-salto
Estatuto de Conservação: LC - Pouco Preocupante
Saber mais

Corpo alongado, de secção subcilíndrica, com dorso cinzento-acastanhado, ventre prateado e reflexos prateados nos flancos. Apresenta uma boca pequena, terminal e subterminal e barbatanas peitorais curtas. Mede entre 17 e 22 cm em média, mas podem chegar as 40 cm de comprimento.

Espécie pelágica que ocorre em águas costeiras pouco profundas e estuários. Formam cardumes e alimentam-se de algas, detritos vegetais e sedimento. A sua época de reprodução ocorre nos meses de Verão.

Este do oceano Atlântico desde o Golfo da Biscaia até Angola, e mares Mediterrâneo e Negro.

Onde se pode encontrar:
Sem ameaças a destacar
Sem medidas a destacar.
Liza saliens, Mugil saliens
Mais sobre esta espécie nas ligações seguintes:
OMARE | Observatório Marinho de Esposende
Ficha de Chelon saliens
Autor: Sónia Cardoso
Descrição Habitat Distribuição Ameaças Conservação Sinonímias