ReinoAnimalia
FiloChordata
ClasseMammalia
OrdemArtiodactyla
FamíliaCervidae
Género
Espécie

Dicrocerus elegans

Lartet, 1837
Estatuto de Conservação: NA - Não Aplicável
Saber mais

Ruminante. Tratava-se de uma espécie de veado pré-histórico, com representantes atuais ao nível da Família Cervidae (cervos), caracterizado por uma alimentação herbívora de browsing (e.g. rebentos suaves ou frutos de plantas arbóreas e arbustos) e de grazing (e.g. ervas e vegetação rasteira).

*ground dwelling grazer-browser (fossilworks.org).

Distribuição geocronológica: 15,97 Ma (Burdigaliano/Langhiano) – 11,10 Ma (Tortoniano) – Mioceno

Tratava-se de uma espécie característica de ambientes terrestres que podia ser encontrada em habitats próximos de estuários ou baías, zonas marginais marinhas, zonas fluviais e lacustres e zonas parálicas (de/relacionado a/estando interligado a sedimentos depositados na parte continental da costa).

*terrestrial (paleobiodb.org)
*marine (4 collections), terrestrial (3), estuary/bay (2)/(1), lacustrine-small (1), fissure fill (1), fluvial (1), marginal marine (1), paralic (1), fluvial-lacustrine (1) (fossilworks.org)

Foram encontrados macro e mesofósseis (número desconhecido) no nível C1 na pedreira da Quinta da Noiva (Lisboa, Portugal) e na pedreira da Torre da Musgueira (Lisboa, Portugal).

Não existe informação acerca do repositório dos fósseis desta espécie.

Autor: Bruno Costa
Descrição Habitat Distribuição