Parque Natural da Serra da Estrela

Com cerca de 88 850 ha, abrange o essencial do maciço da Estrela, a principal montanha de Portugal continental, estendendo-se por território dos concelhos de Celorico da Beira, Covilhã, Gouveia, Guarda, Manteigas e Seia. Dentro das suas fronteiras distinguem-se cinco principais unidades paisagísticas: o planalto central; os picos e as suas cristas; os planaltos a menor altitude; as encostas; e os vales percorridos por linhas de água. Neste parque encontra-se o ponto mais alto do território continental português e parte importante das bacias hidrográficas do Douro, Tejo e Mondego. A paisagem superior da serra destaca-se pela sua peculiar morfologia, resultante da forte influência da glaciação quaternária. Este parque alberga um variado mosaico de habitats (e.g. lagoas e pastagens de altitude, turfeiras, carvalhais e castinçais, áreas de mato e florestas de produção), conjugando elementos representativos de diversas regiões biogeográficas, sendo a área mais emblemática de Portugal continental para valores naturais associados à altitude, muito deles exclusivos em território continental. É lar de várias espécies vegetais endémicas, de grande importância para a conservação, assim como de diversas espécies animais que só ocorrem dentro dos seus limites.

Adaptado do ICNF | Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, I. P.

Sítio oficial do Parque Natural da Serra da Estrela

Disponível no portal do ICNF, I. P. em:

http://www2.icnf.pt/portal/ap/p-nat/pnse

Caracterização Habitat Espécies em destaque Localização Conhecer